Recomendando Kpop: Kim Donghan, UNB e UNI.T


A Copa está chegando ao fim. Depois de sermos eliminados, só nos resta a felicidade de saber que ninguém vai ser penta esse ano – nem hexa em 2022. Foi feio? Um pouco, mas depois de 7x1 e um golpe, não é ser eliminado nas quartas de final por 2x1 que vai destruir o ânimo do brasileiro, não é mesmo? Segue o bonde.

Como quem não quer nada, vou indicar músicas de kpop que ando ouvindo no momento. Tentei me manter atual e fora do óbvio, mas minha época de procurar os artistas mais obscuros da Coreia para me sentir um floquinho de neve especial ficou em 2008, então não sei se atingi meu objetivo.

Guia para fãs de kpop no Chile


Como alguns sabem, fui ao Chile correr atrás de macho ( ͡° ͜ʖ ͡°), isto é, Wanna One no Music Bank. Li bastante sobre o país, mas, chegando lá, vi que a gente nunca está preparado o suficiente para um ambiente novo. Dessa forma, resolvi escrever um post para ajudar outros fãs de kpop que viajarão para o país com o intuito de prestigiar os vários shows que não passarão por aqui.

Os 13 Porquês e porquê não é pra todo mundo


Tentando fugir de spoilers (aparentemente é muito difícil não comentar nas redes sociais cada cena que assiste, colocar avisos ou reconhecer o que pode ser considerado spoiler) e levando em conta que parecia que a história iria se fechar em uma temporada, maratonei Os 13 Porquês.

Ainda não decidi se a série tem mais pontos positivos ou negativos, mas, a cada minuto dedicado a produção desse post, encontrava algo que poderia ter sido feito de forma diferente ou, simplesmente, não ter sido feito na obra. Dessa forma, esse post tem apenas o que deu errado na adaptação do livro escrito por Jay Asher (sem spoilers, é claro).

Você.


Viver um dia de cada vez está cada vez mais difícil. Dias iguais tendem a se arrastar e passar muito rápido ao mesmo tempo. Estar ocioso faz você querer se ocupar. Se ocupar faz você querer ter “tempo livre”. A verdade é que você quer qualquer coisa, menos estar ali, preso em sua própria vida.

Conheça Thirty, o aplicativo que te desafia!


Sou péssima com agendas ou qualquer coisa para me manter organizada. Como tenho boa memória, sempre confio em mim mesma para fazer tudo que tenho que fazer no tempo certo e ainda não esquecer meus projetos... Não preciso dizer que nem sempre dá certo, né?

Já baixei vários aplicativos para me manter em dia com as tarefas, mas nunca me acostumei a nenhum. Sempre os esquecia e, uma hora ou outra, deletava... Graças ao poder do algoritmo, a Play Store sugeriu que eu baixasse o app Thirty. O fiz e aqui estou para dividir minha experiência.

E as metas de 2016?


Já faz 84 anos... Mas eu ainda amo tudo isso aqui e, para provar, minha meta para este ano é postar e comentar nos blogs com maior frequência. Espero que ainda estejam comigo nessa.

Para começar bem o ano no blog, resolvi conferir duas listas que fiz um ano atrás: Wish List de Natal e Metas Para 2016. Fiquei surpresa com o resultado, pois, para ser sincera, nem me lembrava do post natalino, já que não comemoro, mas fiquei feliz em relê-lo... É como se fosse uma pessoa diferente, mas ainda sou eu, haha.
 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos