Waiting on Wednesday: PAN | O Bom Dinossauro


Oi, gente!

A suposta volta da programação normal mencionada na semana passada era em relação a escrever e responder comentários, não postar, pelo visto (não que eu estivesse pensando que seria tal coisa quando escrevi, mas...).

Anyway, primeira vez que faço um Waiting on Wednesday (esperando na quarta-feira”) no blog e devo dizer que: não foi intencional, haha, mas aproveitando a quarta e a minha empolgação com alguns trailers, quero falar de dois filmes que estou louca para assistir.

PAN

Eu amo Peter Pan e me esforço para checar quase tudo supostamente inspirado nessa obra, então fiquei em um misto de animação e medo quando anunciaram um filme contando as aventuras pré-Wendy do menino que não queria crescer.

Já vi muitas coisas “estranhas” que dizem ter o trabalho mais conhecido de J.M. Barrie como base, como aquela abominação que foi o Peter Pan em Once Upon a Time, e The Lost Boy, uma produção independente que não parecer ser ruim, mas que, da obra original, só deixou os nomes e algumas referências mínimas em figurinos e cenários.

Enfim, voltando ao Pan: neste filme, conheceremos Peter como um garoto que foi abandonado por sua mãe em um orfanato. Certa noite, ele é levado à Terra do Nunca, onde há piratas, guerreiros, fadas, sereias e muitas aventuras. Lá, ele tenta descobrir o segredo de sua mãe e, junto a Princesa Tigrinha, e seu então amigo James Gancho (!), Peter tem que derrotar o pirata Barba Negra para salvar seu novo lar e descobrir seu verdadeiro destino.

LEGAL, WARNER. PARECE VERÍDICO.
Vejamos se a fórmula funciona:
Legendados: trailer 1 | trailer 2

Não dá para dizer que não gostei... Pelo contrário, gostei bastante. O sotaque do rapaz parece estar decente (Peter foi baseado em um menino inglês e Levi Millen, o ator escolhido, é australiano) e ele tem as orelhas pontudas que o personagem merece. É claro que não chega a ser tão parecido com a versão da Disney quanto foi o ator de OUAT, mas ainda assim aprovei.

O que me deixou triste foi a Princesa Tigrinha, uma personagem que originalmente é uma índia americana, sendo interpretada por uma atriz branca... Lamentável, além de um verdadeiro retrocesso, já que em Peter Pan (2003) tivemos uma atriz canadense descendente da tribo Haida... E ainda há os que dizem que o racismo foi erradicado. #NotYourTigerlily

Jeremy Sumpter como Peter Pan em 2003: primeiro crush. n
Também não sei se me agrada o fato da mãe de Peter ter um segredo. Digo, isso é realmente necessário? Sei que ele é o herói, o escolhido, etc., mas por que não deixá-lo ser simplesmente um menino que foi abandonado pela mãe por motivos comuns ao nosso mundo e que descobriu ser especial para/em um mundo diferente?

De qualquer forma, não parece ser mais um filme que irá destruir tudo o que estamos acostumados a amar, então estou no aguardo de algo, no mínimo, decente para conferir em outubro.

O BOM DINOSSAURO

A sinopse é basicamente esse trailer, então...

Não tenho muito o que comentar. Só posso afirmar que amo várias animações da Pixar e esse trailer me fez lembrar uma das minhas favoritas, Wall-E, embora eu duvide que seja tão majestoso quanto. 

Só tenho uma pequena reclamação e ela vai para a arte cartunesca do dinossauro, que nem sempre combina com o fundo super trabalhado da Pixar. Além disso, ele aparentemente é o único ser vivo retratado dessa forma... Por que?

Mesmo assim, lágrimas me vieram aos olhos assistindo esses poucos minutos do filme e a trilha sonora também é promissora. Espero que não seja algo legal porém esquecível como foi Universidade Monstros, nem completamente chato como Carros, mas creio que estarei satisfeita com o que verei em novembro.

E vocês? Tem algum filme que estão ansiosos para ver?

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos