Tag: Complete a Frase


Oi, bonitos!

Estou preparando o post explicando minha falta de tempo para dedicar ao blog (um pedacinho de mim morreu quando digitei isso), mas, como o mundo não espera por mim, a belíssima Hina-chan do Ddoce Anime continua firme e forte com seu bloguinho e me marcou em uma tag supimpa que responderei: agora. 

COMPLETE A FRASE
REGRAS: 1. Completar todas as frases; 2. Repassar para 10 blogs e avisá-los; 3. Linkar quem te indicou (Ddoce Anime); 4. Comente com o link de suas respostas (hein?).

Sou muito irritadiça. Demais mesmo. Tem gente que me acha super de boa, porque tento disfarçar ao máximo, mas, na verdade, me irrito com uma facilidade que não está no gibi. Que bom que sei me controlar na maioria das vezes... Na maioria.

Não suporto gente chata, inconveniente, que não pensa nos outros antes de fazer certas coisas. Sei que há um limite para levar alguém em consideração antes de agir, mas tem gente que sequer pede desculpas quando esbarra em uma pessoa na rua. Isso me irrita demais.

Eu já briguei feio por causa do Christián do RBD. Tá. Não foi tão feio, mas foi bem... Ridículo. Eu tinha 15 anos e quis defender meu amado dos ataques de duas fãs do Poncho e do Christopher. ヽ(゜ロ゜;)ノ



Quando criança, eu era esquisita... Sempre me achei mais inteligente que a maioria das crianças com quem convivia e, pensando bem, era mesmo e acabava tendo que fingir ser mais “boba” do que era para participar das brincadeiras e me divertir. Não demorou muito para que conhecesse internet, livros, animes, etc. e não sentisse taaaanta necessidade de continuar na companhia delas fora da escola.

Nesse exato momento, estou com as costas doendo em razão da má posição em que estou... Minhas pernas estão dormentes também. Tô fazendo certinho, hein.

Eu morro de medo de ir para o inferno. Já pensou se esforçar tanto para ser uma boa pessoa, mas morrer bem na hora que está pensando em como seu irmãozinho é irritante e que era melhor ele não ter nascido e, por isso, ir para o inferno? Gente...
Eu sempre gostei de ficar sozinha. Não que queira estar sozinha 24/7, mas não é algo que me incomoda com facilidade. Aliás, o oposto ocorre: se passo muito tempo acompanhada por uma ou mais pessoas, fico estressada e posso até ter crises de choro, porque tenho real necessidade de um tempo só para mim.


Fico feliz quando ganho dinheiro. Não necessariamente como presente, mas também através de trabalho. O importante é não ficar zerada. Sério. Pior coisa é entrar na casa dos 20 e pedir dinheiro da mãe para comprar um mísero Kit Kat.

Se pudesse voltar no tempo, eu gritaria “MÃE, NÃO CASE”. Isso, é claro, se “voltar no tempo” fosse apenas em relação à minha vida, mas se pudesse voltar para qualquer época, com certeza escolheria ver um dinossauro. Nada de século retrasado ou outra era ridiculamente romantizada atualmente, pois gente fedida e machismo temos até hoje, obrigada. E dinossauros são legais, poxa. 


Adoro doces. Pavê, bolo, chocolate, brigadeiro, sorvete... YUMMY. Meu amor por doces excede ao que sinto por muita gente.  Existe uma grande chance de eu te trocar por uma caixa de bis. Claro que eu nunca diria isso na sua frente (mas é verdade n).


Quero muito viajar para os Estados Unidos. É bem clichê, mas queria mesmo treinar meu inglês, checar se muitas das coisas que li por aí são verdades e como eu me sentiria em uma nação tão individualista e que parece idolatrar o próprio país. E lá tem a Disney.

Eu preciso voltar para a “dieta”. Dia 20 de setembro foi meu aniversário e saí da dieta para comemorar durante mais de um dia com grupos de amigos diferentes... Como a reeducação alimentar não foi apenas pela estética, mas também porque vivia sentindo enjoos (entre outras coisas), cheguei a vomitar saindo dela, além de ter me acostumado a comer de forma mais saudável e já não comer besteira com tanta vontade assim (escrito 21/09, 1h)

Não gosto de pseudo-abandonar o blog, mas creio que isso está mudando. Ou não. Muita coisa para escrever e tempo insuficiente para tal... Mas continuo firme e forte com a vida de blogueira, haha. Ocupada, porém sempre aqui.



Antes de encerrar o post, quero parabenizar a Bia, do blog Tímida Confiante, que esteve em Manaus este final de semana para um concurso de oratória em língua japonesa e ficou em #1 na Categoria B, um dos níveis mais altos. PARABÉNS, BIA!

Até a próxima!
 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos