3 livros para ler até o final de 2015


Não tenho zilhões de livros, mas tenho uma não-tão-pequena pilha de obras não lidas da qual gostaria de me livrar para comprar mais coleções em promoção sem me sentir culpada.

Felizmente, já estou lendo As Pedras dos Albos, o último livro da trilogia Elfos (que dorzinha no coração, gente), o que significa que esta pilha está a diminuir. Para facilitar minha vida, lançarei um autodesafio no qual devo ler ao menos mais três até o fim do ano – só três porque sou finalista. Tenham piedade.

Como ainda não cheguei ao fim de Elfos, não sei exatamente como vai estar minha cabecinha para o próximo livro, mas supondo que corra tudo bem e eu não fique com uma ressaca literária das brabas, estes são os próximos livros que irei ler:

PERFEITOS
Segundo volume da série Feios, de Scott Westerfeld.

Tally finalmente é perfeita. Agora seu rosto está lindo, as roupas são maravilhosas e ela é muito popular. Mas por trás de tanta diversão – festas que nunca terminam, luxo, tecnologia e muita liberdade - há uma incômoda sensação de que algo importante está errado. Então Tally recebe uma mensagem vinda do seu passado que a faz se lembrar qual é o problema na sua vida perfeita. Agora ela precisará esquecer o que sabe ou lutar para sobreviver – as autoridades não pretendem deixar que alguém espalhe esse tipo de informação.

O motivo pelo qual vou fazer isso comigo eu não sei, mas vou me forçar a ler. Feios, o primeiro volume da saga, tem uma premissa ótima e me atraiu de cara, mas o desenvolvimento deixou muito a desejar e a escrita do autor também não colaborou para uma experiência agradável, o que me fez querer roubar a ideia e passá-la para alguém que cuide melhor dela. Li por aí que em Perfeitos a coisa só piora, logo só me resta temer.

Onde encontrar: Submarino | Americanas

A MALDIÇÃO DO CIGANO
De Stephen King, sob o pseudônimo de Richard Bachman.

O advogado Bill Halleck não tinha muitos problemas na vida, a não ser o peso, mas por nada no mundo dispensaria os dois ovos com bacon do café da manhã ou os Doritos. Tudo iria mudar drasticamente quando, acidentalmente, atropelasse uma velha cigana. Considerado inocente pela justiça humana, não pôde fugir à maldição soprada por Taduz Lemke, o patriarca dos ciganos, na saída do tribunal. A partir desta dia, os 111 quilos de Bill passam a ser sugados vertiginosamente. Se não conseguir deter a maldição cigana, em pouco tempo Bill não será mais do que um feixe de ossos.

Stephen King é um dos meus autores favoritos, por mais clichê que isso possa ser (é quase como dizer que seu diretor favorito é o Tim Burton e, quanto ao ator, você tem preferência pelo Johnny Depp), logo, sempre espero algo minimamente decente dele . Acho que vou merecer essa depois de Perfeitos.

Onde encontrar: Submarino | Americanas

O CORCUNDA DE NOTRE-DAME
Aquele livro que teve 381 adaptações para o cinema.

Victor Hugo foi o maior poeta romântico da França e um dos seus maiores prosadores. Esta obra, produzida em 1831, tem sua história centrada na tragédia do corcunda Quasímodo e da cigana Esmeralda. É no interior da grande catedral gótica e nos labirintos das construções de Paris que se desenrola a terrível história de paixões impossíveis de vagabundos, a vida de ciganos e nobres, padres e leigos – heróis e vilões. Com poderosa imaginação criadora, Hugo desperta em seu leitor as mais variadas emoções: do profano ao sagrado, do grotesco ao sublime.

Não sei se me dou muito bem com clássicos. Apesar de ser apaixonada por Peter Pan e Alice, ainda me desconheço diante da maioria das obras antigas que atingiram tal status, então estou curiosa para saber se vou amar ou pensar “por favor, é só um livro velho, parem”. Deixei este por último porque é o mais pesado e, como estarei de férias, poderei ler em casa. Meu ombrinho, que se ferrou bastante esse ano, agradece.

Onde encontrar: Submarino | Americanas


E você? Quais livros estão empoeirados em sua estante? E qual é o próximo da sua lista de leituras?
 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos